Equilíbrio Universal

Equilíbrio Universal ( Karma, Hereditariedade e Propósito )

No Universo tudo funciona de forma ordeira, através do cumprimento das Lei Universais. Existem diversas leis sobre as quais poderíamos falar. Hoje iremos abordar três conceitos que se encontram directamente relacionados entre si (karma, hereditariedade e propósito).
Tudo é energia. Assim sendo, o que é pensado, sentido e realizado geram um padrão vibracional, ou seja, uma frequência energética. Ao semearmos determinada frequência iremos, obrigatoriamente originar uma reacção (um crescimento da semente plantada). Esta reacção, será, naturalmente, semelhante à semente que a originou. Se pensarmos num exemplo prático da vida, é impensável semear uma pereira com o objectivo de colher laranjas, pois este não é o propósito da pereira nem a natureza da sua semente.
Para podermos ter uma ampla aceitação da Lei do Karma em toda a sua complexidade, seria necessário que tivéssemos a capacidade de aceder a todo o conhecimento universal. No entanto, apesar de, enquanto humanos, possuirmos um conhecimento limitado, é possível que façamos pequenas observações relacionadas com o nosso dia-a-dia e compreendamos o porquê de determinado acontecimento. O que semeamos colheremos, pois a natureza da semente é crescer.
Tal como cresce a semente, tudo tem um propósito na vida. O nosso propósito, enquanto almas, é, em última instância aprendermos e evoluirmos de acordo com a aplicação das Leis Universais, (tão certas e imparciais quanto a Lei da Gravidade pois agem, tal como esta, independentemente da natureza da matéria).
Todo o ser humano tem de ter um propósito, um objectivo, uma meta na sua vida. Por mais básica ou pequena que seja, tem de haver um foco. Quando perdemos essa meta, perdemos a capacidade de viver e entramos em modo de sobrevivência, perdemos o rumo, o objectivo, distanciamos a felicidade da nossa vida, perdemos o contentamento. Somos um barco à deriva que vagueia para onde o mar o leva.
Assim, a Lei do Karma prima pelo equilíbrio de energias na nossa existência (enquanto almas) no tempo em que nos encontramos no presente (vida actual). O equilíbrio destas energias é o propósito da acção desta lei e para que a mesma se cumpra é necessário que estejam reunidas as condições que nos permitam abraçar os desafios que temos a aceitar.
Encarnamos em determinada família, condição social, país, continente, língua, cultura pois através do conjunto desta realidade conseguimos reunir as condições que nos permitam trabalhar e aprimorar a nossa capacidade de evoluir. A herança genética irá condicionar determinada forma de sentir/pensar, características do nosso corpo físico, probabilidade de desenvolver determinadas doenças, entre outras situações, criando da mesma forma, condições para o nosso próprio aprimoramento enquanto almas. As heranças educacionais assumem também um papel bastante importante no que toca ao desafio nas nossas vidas. Crescemos rodeados de determinadas crenças que podem ser verdadeiras limitações ao nosso desenvolvimento, ou por outro lado, gigantes potenciadores do rumo a seguir (como se nos orientassem para onde devemos ir).
Tudo cumpre o seu objectivo, o seu propósito. As Leis são Sábias e por isso não castigam de forma “selectiva” como as Leis dos Homens. Regem toda a vida, todo o Universo.
Anastacia – Equipa Chave Mística
www.chavemistica.com

tarot #chavemistica #equilibriouniversal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.