Santo Eduardo

Ele mereceu a fama de santo por três qualidades em especial
Houve um rei, na Inglaterra, que trabalhou constantemente para manter a paz e a comunhão com a Igreja. Nascido por volta do ano 1003, Santo Eduardo, o Confessor, mereceu a fama de santo por três qualidades em especial: ele foi um rei muito fervoroso espiritualmente, muito afável com as pessoas e um grande defensor da paz.

Um antigo texto do seu tempo conta a seu respeito:

Era um verdadeiro homem de Deus. Vivia como um anjo em meio a tantas ocupações materiais e era notável que Deus o ajudava em tudo.

Era tão bondoso que jamais humilhou com palavras nem o último de seus servidores; era especialmente generoso com os pobres e com os emigrantes e ajudava muito os monges.

Mesmo de férias ou caçando, não deixava um dia sequer de assistir à Santa Missa. Era alto, majestoso, de rosto rosado e cabelos brancos. Sua simples presença inspirava carinho e apreço.

Fonte: https://pt.aleteia.org/2016/10/13/a-impressionante-historia-de-santo-eduardo-padroeiro-dos-separados-e-dos-casamentos-dificeis/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.